Archive for janeiro, 2011

Notícia – Chega A Nova Versão Do Padrão HDMI – A 1.4

HDMI hoje é essencial em dispositivos que manipulam áudio e vídeo em alta definição. No final do ano passado lançaram uma nova versão do padrão, a 1.4, que vem com muitas novidades:

  • HDMI Ethernet Channel

Todos os aparelhos conectados.Televisões com central de mídia e suporte para recursos web já não são novidade. Com elas você pode integrar a mídia de seu computador, assistir a vídeos da internet e acessar outros conteúdos online direto da TV. Acontece que tal conexão se limita ao televisor, já no novo padrão todos os aparelhos compartilham da mesma conexão sem a necessidade de um cabo extra.

O HDMI 1.4 dedica um canal para a transmissão de dados de alta velocidade, até 100 Mb/s. Além de eliminar mais um fio do seu televisor, este novo canal permite que diversos aparelhos se comuniquem à mesma taxa de velocidade. Enquanto sua TV reproduz um vídeo da internet, o home theater sintoniza uma rádio online e envia informações para seu computador.

  • Audio Return Channel

Embora o cabo HDMI tradicional envie sinais de som e imagem com qualidade digital, ele permite um único sentido para o áudio. Dessa forma, muitos usuários são obrigados a utilizar um novo cabo de retorno de áudio da sua TV até seu sistema de som.

Entre as novas especificações, outro canal se encarrega de retornar o áudio no padrão 1.4, eliminando assim mais um cabo da sua estante. Entre as novas possibilidades deste mesmo recurso é participar de videoconferências pela televisão, mesmo que gerenciadas pelo computador.

  • Muito mais qualidade // 3D Over HDMI

O HDMI 1.4 será o responsável pela popularização dos formatos e resoluções de imagens 3D ao mercado. A especificação padroniza entradas e saídas de sistemas domésticos para a reprodução de imagens 3D. Isso permite maior compatibilidade entre os aparelhos e possibilita uma resolução duas vezes maior que o formato Full HD atual.

  • A padronização das imagens 3D // 4K x 2K Resolution Support

Se a expressão “cinema em casa” ainda não condizia com a realidade que vemos atualmente, o HDMI 1.4 permite resoluções de imagem até quatro vezes maior que o cobiçado padrão Full HD.

Isso significa que sua televisão pode exibir imagens com a mesma qualidade que a maioria dos cinemas digitais da atualidade, só que no conforto da sua casa. Os formatos compatíveis são: 3840 x 2160 a uma taxa de 24 Hz, 25 Hz ou 30 Hz; e 4096 x 2160 a uma taxa de 24 Hz.

  • Razão entre as resoluções Quad Full HD e demais.

  • Expanded Support For Color Spaces

A tecnologia HDMI agora suporta especificações de cores que antes eram exclusivas de câmeras digitais. Formatos como sYCC601, Adobe RGB e AdobeYCC601 podem ser interpretados pelo cabo quando este é conectado a uma máquina digital. Isso se reflete em imagens mais realistas, com cores mais vivas e profundas.

  • Do tamanho de suas necessidades

  • Micro HDMI Connector

Outra novidade que está sendo lançada junto do padrão 1.4 é a nova gama de formatos do conector. Muitos dispositivos portáteis deixam sua compatibilidade HDMI de lado por conta das avantajadas dimensões da porta mini HDMI.

Micro HDMIJá o novo micro HDMI tem aproximadamente a metade do tamanho do modelo mini e é capaz de manter a mesma resolução de 1080p. Isso deve aumentar a compatibilidade do formato com os aparelhos portáteis e possibilitar câmeras de alta resolução ainda menores.

  • Automotive Connection System

O formato HDMI não se popularizou na indústria automotiva por conta das condições a que o conector se submete dentro de um veículo. Fatores como a instabilidade dos aparelhos, temperatura e ruídos prejudicam a transmissão do sinal.

Diante desses problemas, foi desenvolvido outro modelo do cabo que atende a essas necessidades. Com ele as montadoras contam com mais um recurso para distribuir conteúdos em alta definição pelo carro.

  • Diversos modelos

Com a chegada do padrão 1.4 às lojas, aumenta também a variedade de componentes na hora da compra. De nada adianta adquirir um cabo com todos os recursos se a sua televisão não possui suporte para tal tecnologia. Além dos modelos micro e mini, a chegada do padrão 1.4 traz as seguintes alternativas para cabos HDMI:

* cabo HDMI comum: cabo atualmente convencional, suporta imagens de resolução máxima de 1080i/60;

* cabo HDMI de alta velocidade: este modelo conta com as especificações de imagem do padrão 1.4 com suporte para resolução Quad Full HD, Deep Color e formatos 3D;

* cabo HDMI comum com Ethernet: embora sua qualidade de imagens seja a mesma que a do cabo HDMI convencional, este modelo possui o canal de transmissão de dados;

* cabo HDMI de alta velocidade com Ethernet: além das especificações de imagem do padrão 1.4, este cabo transmite dados em alta velocidade. Este é o único a trazer todos os recursos do novo padrão;

* cabo HDMI automotivo: permite a conexão de aparelhos externos com sistemas de som e imagem de veículos.

  • Quando chega a nova versão no mercado?

Como dito, as novas especificações do formato HDMI só fazem sentido mediante aparelhos que utilizem tal tecnologia. Alguns produtos como placas de vídeo você já encontra com a versão 1.4 disponíveis. Além de permitir conectividade entre os eletrônicos, maior qualidade de imagem e formatos 3D, o padrão 1.4 vai extinguir quase todos os cabos da sua TV. Com esses recursos em mãos, não deve demorar para que os fabricantes desenvolvam soluções inovadoras para a reprodução de mídia digital.

Fonte: Baixaki

Create PDF    Enviar artigo em PDF para

Dica – Tutorial: Como Restaurar Associação De Atalhos No Windows Vista E Windows Seven

Por um descuido do usuário no Windows 7 a associação de links (atalhos) .lnk pode ser facilmente perdida e sua restauração não é tão simples assim.
Acontece quando você escolhe abrir um atalho (.lnk) com outro programa que não seja o padrão e torná-lo definitivo. A partir dai o Windows passa a não abrir os atalhos.
A restauração é bastante simples depois que você descobre como fazer. Basta baixar o arquivo do link http://www.winhelponline.com/fileasso/lnkfix_vista.zip e mandar abrir o conteúdo para que o registro do Windows volte as associações corretas, funciona tanto para Windows Vista quanto para o Seven.

Após não esqueça de reiniciar o micro para que os ícones também voltem ao normal.

Fonte: Bits Caverna

PDF Printer    Enviar artigo em PDF para

Notícia – 10 erros de postura comuns que podem afundar sua carreira

Em continuidade ao post Valor dos profissionais e as empresas, achamos este no site Desmonta & CIA.

CarreiraComo você avalia sua postura na empresa onde trabalha? Ou melhor, como imagina que seus colegas o avaliam? Pequenas e simples atitudes, que não exigem nenhum conhecimento científico ou que alguém tenha habilidades notáveis em alguma especialidade, mas que se não forem levadas a sério, vistas com carinho, pode trazer sérias consequências para sua imagem profissional e por conseguinte colocar seu futuro em xeque na empresa.

Justamente a simplicidade destas dicas, divulgadas pelo site EmpregoCerto, de autoria de Silvio Celestino,  é que nos fazem por vezes subestimar suas consequências ao ignorá-las, armando-se assim uma arapuca ardilosa. Às vezes não é preciso mais do que um escorregão para fechar portas de oportunidades na carreira.

Foram enumerados 10 principais erros comportamentais e de postura,  segundo Silvio, cometidos por profissionais nas empresas. Avalie cada um e veja onde pode melhorar:

1- Não saber dominar as emoções: Um profissional que não sabe receber uma crítica, um feedback e se frustra com muita frequência, demonstra-se imaturo e, portanto, incapaz de assumir grandes responsabilidades, inclusive um cargo de liderança. Se alguém deseja subir na carreira, deve saber dominar suas emoções e lidar com as dos demais.

2- Falar mal da empresa, de chefes ou colegas no ambiente de trabalho / redes sociais: O profissional vende a todo instante a sua credibilidade perante a empresa e o mercado de trabalho. Ninguém deseja ter em seu quadro de funcionários alguém que denigre a imagem da própria empresa direta ou indiretamente (comentando e fazendo fofocas de outras pessoas).

3- Não cumprir prazos das tarefas: O que se espera de um bom profissional é que ele tenha conhecimento suficiente para saber quanto tempo uma tarefa de sua responsabilidade demora para ser realizada apropriadamente. Quando o profissional atrasa, compromete sua credibilidade.

4- Chegar atrasado em reuniões e eventos: Cumprir horários estabelecidos para uma reunião ou evento é o mínimo que se espera de um profissional sério. Mesmo que seus líderes cultivem o mau exemplo de chegar tarde em reuniões, não faça o mesmo. Seja pontual.

5- Ter uma imagem que destoa da cultura da empresa: A imagem de um profissional deve transmitir credibilidade de acordo com a cultura da empresa. Não apareça de piercing ou deixe sua nova tatuagem à mostra se você trabalha a uma organização muito tradicional. Terno e gravata também não são indicados para trabalhar em uma empresa que vende produtos para a prática de esportes radicais. Pense!

6- Escrever errado em documentos da empresa, especialmente os que são dirigidos a clientes (e-mails, por exemplo): Já vi um gerente ser demitido porque escreveu “voceiz” em um e-mail ao consumidor. Muita atenção, o que é aceitável no SMS é inapropriado para o contato com o mercado e pode gerar má interpretação, confusão e transmitir uma imagem desleixada do profissional e, consequentemente, da empresa.

7- Ser um mau ouvinte: Quando um cliente interno ou externo ao departamento se dirige ao profissional e este parece estar mais interessado em outras coisas, como seu celular, ou simplesmente não parece estar interessado na conversa, gera a impressão de imaturidade e desrespeito.

8- Tratar com descuido as ferramentas e materiais sob sua responsabilidade: Danificar computadores, mobília ou outras estruturas da empresa por descuido demonstra que o profissional não entende que a empresa possui um custo esperado para suas operações e que aumentá-lo diminui o resultado.

9- Desrespeitar a cultura da empresa: Cada organização possui uma cultura, expressa objetivamente em suas normas, mas também indiretamente no comportamento de seus funcionários, em especial seus líderes. O profissional deve ter adaptabilidade ao ambiente antes de querer mudar algo. Chegar na organização e já questionar sua forma de ser é ruim para a sua imagem.

10- Não demonstrar interesse em progredir: As organizações têm como um de seus propósitos o crescimento contínuo. Um indivíduo que está satisfeito com o cargo que ocupa e não faz nada para aprimorar-se, adquirir novos conhecimentos e competências, fica em desacordo com este propósito, o que não é bom para sua imagem.

Infelizmente podemos não dar certo em algum emprego, apesar do amplo conhecimento técnico, simplesmente por problemas como os apresentados aqui. E o pior é que raramente aparece um colega para dar um conselho, nos alertar sobre o comportamento inapropriado. Passamos longe do alvo sem ao menos perceber o que está acontecendo. Construir uma imagem pode levar até anos, mas para destruí-la não se precisa mais que um minuto.

O que pode ter diferenciado você de forma a ser preterido a uma vaga, promoção, um trabalho especial, pode não ter nada a ver com liguagens de programação, certificações, formações de 1º ou 2º linha, idiomas…podem ter sido coisas bem mais simples como as lições acima.

Reflita sobre o que você pode mudar nesse sentido, o que poderia ter feito nas oportunidades passadas. Aprender com o passado é bom, mas apenas tome cuidado para não remoê-lo, pois não volta mais. Prepare-se para escrever um novo capítulo na sua estória profissional. Capítulos marcantes positivamente se fazem com muitas linhas simples também, certo?

Fonte: EmpregoCerto

Create PDF    Enviar artigo em PDF para

Dica – Complete Internet Repair

Complete Internet RepairEstamos vivendo na era da Internet, e é inevitavel que com as tecnologias  amplamente utilizadas, vem um novo conjunto de problemas. É por isso que foi desenvolvido este conjunto de reparação completa para Internet, cujo principal objetivo é resolver estes problemas, à medida em que eles chegam. Complete Internet Repair faz exatamente o que promete!

Mantenha sua rede livre de problemas

A ferramenta tenta reparar todos os problemas relacionados à Internet, incluindo problemas de rede. Basta lembrar sempre de duas regras essenciais: em primeiro lugar, não tente consertar algo que não está quebrado, você pode quebrá-lo. E em segundo lugar, esta ferramenta auxilia a resolver vários problemas relacionados à Internet, mas nem tudo pode ser reparado em um passe de mágica. A maioria das situações possui resolução, e é para isso que o Complete Internet Repair foi criado.

Complete Internet Repair é basicamente uma combinação entre o kit Internet Recovery e Winsock Repair. Uma grande ajuda, caso você esteja enfrentando algum dos seguintes problemas:

  • Problemas após a remoção de adware, spyware, vírus, worms, cavalos de Tróia etc.
  • Perda de conexão de rede após a instalação/desinstalação de um malware, VPN, firewall, antispam etc.
  • Problemas ao acessar qualquer página da web
  • Pop-ups relatando erros de rede
  • Falta de conectividade de rede devido a erros de registro
  • Problema ao encontrar DNS
  • Erro de renovação do endereço de IP do adaptador de rede ou outros erros DHCP
  • Problema de conectividade de rede com pouca ou nenhuma mensagem de conexão
  • Atualização do Windows não funciona
  • Problemas para se conectar a sites protegidos, como sites de bancos
  • O Internet Explorer parou de funcionar ou falha o tempo todo
  • Outros problemas de rede.

rizone

Compatibilidade Windows XP, Windows 2003, Windows Vista 32 Bits, Windows 2008, Windows 7 32 Bits

Fonte: Desmonta&CIA

PDF Creator    Enviar artigo em PDF para

Notícia – Governo quer concluir até maio acordo para banda larga no país

bandalarga1Meta do governo é levar internet rápida e barata para 1.163 municípios.

Reivindicações de provedores são os principais entraves, diz ministro.

O governo quer concluir até maio as negociações para solucionar os gargalos para colocar em prática o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) e cumprir a meta de levar internet rápida por preços populares para 1.163 municípios até o fim do ano. “Até maio devemos ter uma definição”, afirmou hoje o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, após reunião com diversos representantes de provedores de internet.

O ministro se referiu às reivindicações trazidas pelos provedores como os principais entraves para ofertar banda larga com velocidade de 512 quilobits por segundo (kbps) por até R$ 35, que é a meta do governo para massificar o acesso à internet no país. Além do preço médio de R$ 60 praticado no mercado, os altos impostos, a falta de crédito e a burocracia para conseguir linhas de financiamento foram apontados, segundo Bernardo, como as principais dificuldades dos pequenos provedores para aderir ao PNBL.

“O governo vai interferir para ajudar”, disse o ministro, que solicitou aos provedores que tragam uma planilha com todos os custos que interferem no preço da banda larga para serem apresentados em um próximo encontro.

Dificuldades
Há casos, por exemplo, em que uma distribuidora de energia elétrica cobra R$ 2 por poste para levar internet pela rede elétrica, ao passo que outras cobram R$ 9. Em algumas situações, o preço do boleto bancário chega a ter peso de 10% sobre o custo do serviço ofertado. “O governo não pode resolver tudo isso. Mas vamos arregaçar as mangas em cima dessas questões”, afirmou Bernardo.

Em relação ao uso das fibras óticas das distribuidoras, Bernardo disse que já conversou sobre o assunto com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. “O ministro Lobão já está preparando uma nota técnica sobre isso para fazer um convênio para a Telebrás centralizar a destinação dessas fibras óticas para o comércio de internet”, afirmou Bernardo, referindo-se às redes das distribuidoras federais ou federalizadas. Nos casos das privadas ou estaduais, o ministro ponderou que a negociação terá que ser feita com as próprias empresas e governos estaduais.

Financiamentos
Para solucionar a questão da falta de garantias dos pequenos provedores para ter acesso a financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), está sob análise do banco uma proposta de inclusão do cartão BNDES vinculado ao PNBL no Fundo Garantidor de Investimentos. O ministro citou também a possibilidade de a Telebrás ser parceira dos provedores em alguns investimentos.

Bernardo disse ainda que a Telebrás será chamada na mesa de negociações para avaliar a possibilidade de redução do custo de R$ 230 do megabit no atacado. Segundo ele, a tendência, com a conclusão das negociações, é que o preço da banda larga fique abaixo de R$ 35 ou até mesmo abaixo de R$ 30.

Fonte: G1

Retirado do Blog: Desmonta & Cia

PDF Download    Enviar artigo em PDF para