Archive for the ‘Informática’ Category

Dica – Sua Senha é Forte e Segura?

É primordial nos dias de hoje saber como criar uma senha segura. No dia-a-dia utilizamos muitos serviços online e precisamos ter uma senha bem complexa e segura para não ter problemas de contas hackeadas, evitando assim muitas dores de cabeça.

Hoje, com certeza, você deve ter no mínimo uma senha para acessar o computador, senha para acessar seu email, senha para acessar seu Orkut, Facebook, MSN fora outros serviços que são necessários diariamente.

Infelizmente muitas pessoas ainda usam a data do aniversário, o próprio nome, nome de ídolos e a famosa senha 123456. Utilizar esse tipo de senha é pedir para ter a privacidade invadida.

Como criar uma senha segura

Uma senha segura dever ter, no mínimo, 8 caracteres envolvendo letras, números, caracteres especiais e, se possível, alguns caracteres em maiúsculo.

Exemplo de senha segura: $90Tiow*98#

No entanto uma senha como esta pode se tornar impossível de lembrar, mas é possível criar uma senha segura e forte usando a criatividade. Você pode, por exemplo, juntar alguns caracteres especiais, números e letras baseados em gostos pessoais ou associações de palavras.

Ex.: #bng2011DT$

Parece difícil recordar? Não. É simples. Optei por começar minha senha com # e terminar por $ com o ano no centro e uma referência ao Blog da Nova Gradiente e ao meu blog.

#BlogNovaGradiente2011DesignTecnologico$

Obviamente que usar uma senha desse tamanho é desnecessário. É importante associar a senha a alguma coisa que você goste e que nunca vai esquecer. De preferência não use a mesma senha em todos os serviços que está cadastrado.

Como saber se a senha é realmente forte?

É agora que vem a dica. Você cria uma senha, mas como saber se ela é realmente forte?

Existe um aplicativo web que permite medir a força da senha, o Password Meter. Através dele você pode saber se sua senha é realmente forte e segura.

Seu funcionamento é bem simples.

1 – Acesse o Password Meter;
2 – Informe sua senha no campo “Password”;

O importante é manter o “Score” 100% e o campo “Complexity” como Very Strong. O serviço mostra um relatório com estatísticas de força e segurança da sua senha. Quando aparecer o ícone azul é porque sua senha está excepcional, verde é aceitável, amarelo atenção e vermelho quando é preciso melhorar a senha.

Apesar das pessoas não se preocuparem em criar uma senha forte é bom ter em mente que ter sua privacidade violada pode ocasionar em diversas dores de cabeça. Usando a criatividade é possível criar um password seguro, forte e fácil de lembrar.

Fonte: Blog Gradiente

PDF    Enviar artigo em PDF para

Dica – Erro dos gadgets do windows seven – Como recuperar?

Estava usando meu computador quando do nada os gadgets da área de trabalho começaram a apresentar erro, alguns apareciam semelhante a um quadrado preto, outros somente com um contorno, e agora?

A solução para tal é mais simples do que imaginamos, após algumas pesquisas na internet descobri que o erro acontece “dentro” da pasta onde ficam armazenados as configurações dos gadgets, para a correção devemos fazero seguinte:

1 – Fechar todos os gadgets abetos:

Vá ao menu iniciar e digite na busca gadgets e selecione a opção Exibir Lista de gadgets em execução, feche todos os itens abertos selecionando e clicando em remover.

2 – Renomear pasta Windows Sidebar:

Vá ao menu iniciar e digite na busca %LOCALAPPDATA%\Microsoft\Windows Sidebar, renomeie a pasta Windows Sidebar para Windows Sidebar_Old.

3 – Adicione os gadgets novamente na área de trabalho e deverá funcionar, os gadgets que você possuía que não são padrão do windows devem ser copiados de dentro da pasta Gadgets que esta dentro da pasta Windows Sidebar_Old.


4 – Caso os gadgets ainda não voltem ao normal, como no meu caso, talvez seja necessário apagar alguns registros do windows, mas atenção não me responsabilizo por qualquer dano ao computador ou mal uso das informações deste post, execute os passos 1 e 2 após vá ao menu inciar e digite na busca regedit e vá até a chave [HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Internet Settings\ apague a pasta Zones. Depois execute o passo 3.

Caso não consiga deixe um comentário que tentaremos ajuda-lo(a).

PDF Download    Enviar artigo em PDF para

Dica – Como recuperar dados apagados no HD

O disco rígido ou (no inglês HD Hard Disk) é um meio de armazenamento físico mais utilizado atualmente pelos usuários, os discos rígidos possuem importância vital para os microcomputadores e principalmente para o usuário, que neles guardará todos os programas e dados gerados.

Muitas informações confidencias que são de muita importância podem estar armazenadas nos discos rígidos e eles estão sujeitos a perder os dados por inúmeras causas, como catástrofes da natureza, vírus, descuido do usuário entre outros. É aqui que entra a ajuda dos programas de recuperação de arquivos que fazem a varredura em todo o disco para verifica se é possível a recuperação dos dados, nesse artigo mostrarei a utilização do software
Mareew Hard Drive Recovery
Baixar e instalar um aplicativo de recuperação de dados requer uma abordagem diferente de qualquer outro tipo de software. É importante que você siga as instruções de instalação, a fim de evitar a corrupção após a discos danificados ou apagados os dados.

IMPORTANTE: É fundamental que nunca utilize um disco danificado ou um disco que contém arquivos de recuperação para salvar o arquivo de instalação baixado, ou para instalar Mareew Hard Drive Recovery. Salvar uma cópia transferida do Mareew Hard Drive Recovery em um disco ou partição separada, ou usar um dispositivo externo, como um drive USB, cartão de memória flash, disco de CD ou DVD, ou um local de rede e instale o programa.

Como a maioria dos softwares considerados bons não são gratuitos esse não é diferente, você pode comprar a chave para poder utilizar da melhor maneira possível o programa ou você pode utilizar o software na sua versão demo onde que algumas funcionalidades estarão limitadas.

Abertura do programa a partir do menu Iniciar ou no desktop de seu PC irá mostrar uma janela de boas vindas do Easy Recovery Wizard.

Especifique um disco ou partição para recuperar dados. Você pode escolher um determinado volume ou discos rígidos inteiros. Nesta etapa, sem modificações são feitas para os discos. Alternativamente, você pode montar um instantâneo de um disco para recuperar com segurança seus dados. Clique Mapa Virtual Divisórias para aceder a esta funcionalidade. Monte uma imagem previamente criada usando Ajuda – Montar Imagem. Criar um novo instantâneo clicando um disco ou partição e selecionando Create Recovery Snapshot.

Após a procura dos arquivos estiver concluída, a janela a seguir irá mostrar uma lista de arquivos recuperáveis.

Perdidos e arquivos apagados são marcadas com um “X” vermelho. Clique em um arquivo para ver a sua visualização. A fim de mantê-lo seguro, não há dados escritos no disco enquanto os arquivos de visualização.

Marcar todos os arquivos que deseja recuperar com caixas de seleção na visualização do arquivo na esquerda, e clique em Avançar.

Especifique uma pasta para salvar arquivos recuperados para. Certifique-se que a pasta está localizada em um disco separado ou partição diferente da que está sendo recuperado. Clique em Avançar para prosseguir.

Após o processo de recuperação for concluído, clique no link sublinhado para abrir uma pasta que contém os arquivos recuperados. Clique em Concluir.


Fonte: www.oficinadanet.com.br

PDF Printer    Enviar artigo em PDF para

Dica – Vai Adquirir Um Notebook Novo? Veja O Que Não Pode Faltar!

Pretende adqurir um notebook novo? Então veja quais são os principais recursos que você deve buscar em um novo modelo.

  • Processadores modernos

Os mais novos processadores no mercado trazem um ganho significativo de desempenho, melhores gráficos e uma maior autonomia de bateria, características que confirmamos em  nossos testes com máquinas equipadas com processadores da família “Sandy Bridge”, da Intel. E a AMD também tem novos chips (a família Fusion) capazes de lidar facilmente com tarefas que exigem alto-desempenho. Ao comprar um notebook, procure um modelo com estes processadores.

Uma forma fácil de identificar processadores Intel Sandy Bridge é pelo número do modelo. Os chips da geração anterior tem modelos com três dígitos (como “Intel Core i3-350M”), enquanto os Sandy Bridge usam quatro dígitos (como “Intel Core i3-2310M”). Já nos novos chips AMD Fusion são chamados deAMD C-Series APU, AMD E-Series APU ou AMD A-Series APU.

  • HD, discos híbridos ou discos SSD

A capacidade de armazenamento nos HDs para notebooks aumentou drasticamente nos últimos anos. Um portátil doméstico logo ficará cheio de fotos, música e vídeo, portanto procure um modelo com HD de no mínimo 320 GB. Quanto mais melhor.

Mas se você não faz questão de muito espaço, considere um modelo com um disco de estado sólido, ou SSD. Os novos “discos” (que na verdade são como grandes pendrives ultra-rápidos com capacidade de 128 GB ou mais) tem desempenho notavelmente superior aos HDs tradicionais, além de maior durabilidade e menor consumo de energia. Eles também produzem menos calor e são mais silenciosos.

Outra opção são os discos híbridos, que combinam um HD tradicional com um pequeno SSD e prometem o melhor dos dois mundos, unindo desempenho e espaço em disco com preço menor que um SSD puro.

  • Telas de alta-definição

A maioria dos notebooks atuais tem uma resolução de tela de 1366 x 768 pixels, boa o suficiente para as tarefas do dia-a-dia. Mas se você pretende assistir muitos filmes, procure um modelo com tela de 1600 x 900 pixels ou 1920 x 1080 pixels.

O tamanho da tela é uma questão de gosto pessoal. Você prefere uma tela menor (e com isso um notebook mais leve) como a de 11.6 polegadas do MacBook Air, ou uma tela gigantesca como a de 18.4 polegadas do Alienware M18x? Para a maioria dos usuários o ponto de equilíbrio parece ser uma tela de 13.3 polegadas.

  • Autonomia de bateria

A não ser que você pretenda usar seu novo notebook como um substituto do desktop, permanentemente plugado à tomada, certifique-se de que a autonomia da bateria atende às suas necessidades. Não compre nenhum modelo com autonomia menor do que 3 horas. Se procurar um pouco você poderá encontrar tanto ultraportáteis como notebooks mais tradicionais com autonomia de seis horas ou mais com uma única carga.

  • Quantidade de memória

Os notebooks atuais tem pelo menos 2 GB de RAM, mas procure modelos com 4 GB. Quanto maismemória, melhor.

  • Teclado e trackpad confortáveis

Um teclado confortável é criticamente importante, especialmente se você pretende passar horas a fio digitando. Procure por teclados “full size” (ou seja, com o mesmo espaçamento do teclado de um desktop) e digite algumas palavras para ver se as teclas não parecem “rasas” ou duras demais. Um bom espaço para descanso de punho também é útil.

Lembre-se que é importante pesquisar bem antes de adquirir um novo notebook, para que no final seja útil e portátil e não uma pedra na sua bolsa.

Fonte: Fórum PCs

Create PDF    Enviar artigo em PDF para

Dica – Como limpar a tela do seu monitor LCD adequadamente

Como limpar a tela do seu monitor LCD adequadamenteA superfície dos monitores CRT (aqueles de tubo) é de vidro e bem resistente, e por isso nunca foi difícil limpá-lo. No entanto, com os novos monitores de LCD, a história é bem diferente: o material é mais sensível e requer cuidados extras na hora de se fazer a limpeza.

Antes de tudo, esqueça todos os produtos químicos, sejam eles detergentes, desinfetantes e qualquer coisa que contenha álcool etílico, acetona, amônia ou tolueno. Usar esses produtos pode danificar seriamente a tela da sua televisão ou do seu monitor. Além disso, é proibido o uso de toalhas de papel, papel higiênico ou mesmo camisetas. Com eles você pode acabar riscando a tela, e aí não tem volta.

Antes de começar, separe os materiais necessários para a limpeza: pano liso e limpo, pincel, algodão e água.

Passo 1 - Desligue o monitor para que você possa observar com mais atenção as condições da tela. Faça isso em um ambiente bem iluminado, assim fica mais fácil identificar a sujeira.

Passo 2 - Comece a limpeza pelas bordas do monitor, sem medo de esfregar com força, já que o material é resistente. Só é preciso tomar cuidado para não deixar o pano escapar e, sem querer, você apertar a tela com força.

Como limpar a tela do seu monitor LCD adequadamente

Comece a limpeza pelas bordas

Passo 3 - Retire qualquer resíduo sólido, de preferência usando algum tipo de pincel. Faça isso para não esfregar a sujeira e criar algum tipo de mancha ou arranhão.

Passo 4 - Se você identificar apenas poeira sobre a tela, utilize apenas um pano seco para retirar o pó. Nesses casos, o pano já é suficiente. Apenas tome cuidado para não fazer muita pressão sobre a tela.

Como limpar a tela do seu monitor LCD adequadamente

Use o pano para retirar a poeira

Passo 5 - No caso de a tela estar com manchas de dedos – o que é bastante comum –, você vai precisar de uma limpeza mais consistente. Para isso, compre algum material específico para limpeza de monitores, facilmente encontrado em lojas de informática. Se você não tiver ou não quiser comprar, a água é suficiente (apenas quando a sujeira não seja tão espessa).

Passo 6 - Molhe levemente o pano ou o algodão. Lembre-se de jamais espirrar água diretamente na tela.

Passo 7 - Passe o pano ou algodão com delicadeza para não ter perigo de danificar a tela.

Como limpar a tela do seu monitor LCD adequadamente

Use algodão úmido para limpar melhor

Passo 8 – Se você usou algodão, retire eventuais fiapos que ficaram na tela. Faça isso com um pano seco.

Pronto! Seu monitor ou televisão já está mais limpo. Repita o processo sempre que desejar.

Fonte: Gustavo Ribeiro

Retirado de: Desmonta & Cia

PDF Creator    Enviar artigo em PDF para